Paraísos Urbanos

 


paraísos urbanos

 

Estas obras integram a série “Paraísos Urbanos” (iniciada em 2017), a partir da realidade da periferia brasileira tendo como objeto central da representação uma piscina de plástico  – num mundo “colorido” em transição se desmoronando, revelando os anacronismos das classes sociais, onde se cria uma relação irónica de alteridade e/ou desconforto.

 

Artista Visual
Martim Dinis
Realização
MADAME TEATRO