SALOMÉ

“O mistério do Amor é maior que o mistério da morte”

Depois de uma longa pesquisa de Diego Bagagal sobre a obra de Óscar Wilde e de Richard Strauss, o espectáculo em regime de co-criação foi apresentado em março de 2017 no Centro Cultural Banco do Brasil em Belo Horizonte.

Trailer:
[pevideo id=”1452″]

 

esta é nossa ode ao Amor.
e ela é feminina.
começa a ser escrita antes da Bíblia.
é sobre uma mulher descrita na Bíblia.
foram nove anos para nos unirmos.
é uma escrita coletiva e cinestésica, uma partilha que manifesta dentro de si o próprio princípio de ode.
é um ato de co-existência criativa e arqueológica, exemplificada pela co-produção Brasil e Portugal.
é uma ode simples, pura, selvagem, molhada e beijada.

 

[slider id=”1390″]
[cols]
[col class=”2/3″]
Créditos: Luiza Palhares

Bastaria escutar o nome de “Salomé” para enxergar a bandeja de prata com a cabeça de São João Batista. Oscar Wilde eternizou a mulher fatal da Bíblia, Richard Strauss a musicou. Nesta versão do clássico, Diego Bagagal se une a Mickael de Oliveira e ao icônico produtor musical Chico Neves para evocar erotismo, terror, política e amor.

Teaser 1:
[pevideo id=”1401″]
Teaser 2:
[pevideo id=”1397″]
Teaser 3:
[pevideo id=”1402″]

“Salomé” estreou a 3 de março de 2017 no Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte, ficando em cartaz 3 semanas realizando 14 apresentações.

O espetáculo é baseado na obra homônima de Oscar Wilde e Richard Strauss, sendo a primeira coprodução do MADAME TEATRO com Portugal. Além de Diego Bagagal, conta com cocriação do dramaturgo e diretor português Mickaël de Oliveira (Colectivo 84) e do compositor Chico Neves, e é também resultado de residências do artista mineiro em Itália, Polônia e Portugal.

[/col]

[col class=”1/3 last”]
Direção e Dramaturgia
Mickaël de Oliveira e Diego Bagagal
Concepção e Interpretação
Diego Bagagal
Trilha Sonora Original*, Produção e Direção Musical
Chico Neves

Trilha sonora gravada e mixada no Estudio304 por Chico Neves.
*elementos extraídos do arranjo de Chico Neves para a música de “Gymnocapitu” de Tim Rescala; da música “Salomes Tanz Der Lieben Schleier” de Richard Strauss; e de “Kiss Kiss Kiss” de Yoko Ono.
Cenografia
Martim Dinis
Estilista
Sônia Pinto
Design de Luz
Allan Calisto
Vídeo-Instalação para antessala e Colaboração Artística
Sofia Marques Ferreira
Operação de Luz, Som e Cenotécnica
Cristiano Diniz
Suporte de Desenho de Movimento
Dudude Herrmann
Consultoria Histórica e Astrológica
Márcia Bonome
Coordenação de Produção e Colaboração Artística
Ludmilla Ramalho
Produção Executiva e Relações Internacionais
Martim Dinis
Coordenação de Comunicação e Assessoria de Imprensa
Beatriz França
Fotografia
Luiza Palhares
Vídeos de Divulgação e Teasers
Ciro Thielmann
Registro Audiovisual
Tau.ma
Projeto Gráfico
Estúdio Lampejo
Redes Sociais
Beatriz França e Letícia Leiva
Consultoria de Planejamento
Beatriz Radicchi
Serviços Administrativos
Rosy Costa
Patrocínio
Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte (FMC)
Apoio
Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB BH e Direção-Geral das Artes / Ministério da Cultura do Governo de Portugal
Apoio à criação em Portugal
O Espaço do Tempo e Polo Cultural Gaivotas | Boavista
Apoio à criação no Brasil
Atelier Dudude, Casa de Theo, Cia Afeta, Espaço Sônia Pinto, Estudio304 e Goethe-Institut
Coprodução Brasil-Portugal
MADAME TEATRO e Colectivo 84
Realização
MADAME TEATRO

[/col]
[/cols]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *